Pilates

Através do Pilates clínico, o aluno se torna consciente de sua postura corporal, corrigindo possíveis hábitos incorretos do dia a dia. Nenhuma modalidade de Pilates foca a hipertrofia, no caso clínico o objetivo é investir na prevenção e reabilitação de lesões. Alterações no equilíbrio e movimento normais do corpo bem como alterações no recrutamento muscular podem ser corrigidas através da técnica. Dessa forma, é possível evitar o surgimento de dores crônicas futuras, especialmente na coluna vertebral.

Como praticar a aula de Pilates clínico?
Antes de começar a praticar a técnica, o aluno deve passar por uma avaliação específica realizada pelo fisioterapeuta acompanhante. Com base nos resultados avaliados, um programa de exercícios será montado individualmente para cada aluno, de acordo com suas necessidades, ritmo e limitações. A quantidade de aulas realizadas semanalmente também vai depender dos resultados da avaliação inicial.

Normalmente, uma aula de Pilates clínico tem duração de cerca de 60 minutos e o mais indicado é que o profissional acompanhante oriente, no máximo, dois alunos simultaneamente (essa característica é o que garante a segurança e eficácia da técnica, uma vez que o aluno receberá uma atenção maior durante a prática dos movimentos).

Principais benefícios do Pilates clínico 
– Prevenção ao aparecimento de lesões através do fortalecimento das articulações;
– Melhora da postura corporal, da força e da resistência muscular;
– Alivia tensões, fadigas e dores articulares e musculares;
– No caso de lesões é eficaz no processo de reabilitação;
– Atua no tratamento de disfunções do pavimento pélvico;
– Auxilia na recuperação da mulher no pós-parto;
– A melhora do condicionamento físico ajuda na execução de outros exercícios físicos;
– Reduz riscos de quedas.

O Pilates clínico é, portanto, essencial no caso de pacientes com necessidades especiais, apresentando indicações específicas de reabilitação, reequilíbrio e fortalecimento do sistema músculo-esquelético, a fim de que seu corpo retorne ao quadro de funcionalidade normal.

O diferencial deste acompanhamento. 
Auxiliar no pós tratamento de problemas como dor lombar, dor cervical, discopatia degenerativa e até mesmo hérnia de disco, através da conscientização da contração dos músculos que protegem a coluna vertebral evitando, assim, novos episódios de dor nas costas e garantindo uma melhor qualidade de vida.

Os benefícios do Pilates são inúmeros, entretanto é importante que o paciente esteja sempre atento ao profissional que irá acompanhá-lo, se este tem domínio sobre o assunto e se está sempre orientando no que diz respeito à qualidade e execução dos movimentos durante o atendimento, mantendo sempre um cuidado global do paciente. Por isso, nosso estabelecimento sempre buscar mantém sua qualidade, oferecendo profissionais qualificados e bem preparados para receber pacientes oriundos dos diversos tratamentos para a coluna vertebral e outras disfunções.