Existe solução para a cervicalgia?

A cervicalgia é o nome da condição dada para a dor na região cervical, que pode vir acompanhada de rigidez, tontura, ansiedade, dentre outros sintomas.

A região cervical é a responsável por sustentar a cabeça, além de permitir o movimento desta. Como é de se esperar, quando existe dor ou limitação de movimentação da região, há uma série de prejuízos ao dia a dia do paciente.

O diagnóstico deve ser feito por um médico, e quando necessário, exames de imagem serão pedidos (a exemplo de radiografias).

Diferentemente do que os pacientes pensam, existe uma série de tratamentos para a cervicalgia, que visam o alívio dos sintomas. Conheça-os a seguir, e converse com um especialista sobre as possibilidades para o seu caso!

1) Anti-inflamatórios

Mesmo antes de buscar um médico, este pode ser o primeiro recurso que muitos indivíduos com cervicalgia encontram.

Os medicamentos podem aliviar os sintomas de dor, porém, este efeito tende a ser temporário, retornando após a retirada dos anti-inflamatórios.

Além disso, é preciso se atentar para os efeitos adversos existentes com o uso desta medicação:

  • Desencadeamento de gastrite e/ou piora de sintomas gástricos pré-existentes;
  • Alterações e/ou piora da função renal;
  • Maior propensão a efeitos cardiovasculares;
  • Danos ao fígado;

Dentre outros.

Lembre-se que a automedicação traz muito mais riscos que benefícios. Portanto, não utilize estes remédios se não houver indicação de um médico.

2) Liberação Miofascial

A dor miofascial pode ser uma das causas de cervicalgia. Devido à existência de pontos-gatilho (isto é, que causam dor), há a possibilidade de manipulá-los e assim, reduzir os sintomas ao longo das sessões.

O fisioterapeuta é o profissional responsável pela técnica, e a periodicidade e duração do tratamento deverão ser decididas após uma avaliação inicial.

3) Acupuntura distal

Provavelmente você já ouviu falar na técnica de acupuntura, a qual consiste na inserção de agulhas localmente, para diminuir a dor.

Quando se fala em acupuntura distal, a técnica difere da tradicional, e afinal, aqui as agulhas são colocadas em pontos distantes ao local da dor.

Pelo maior conforto ao paciente e efeito imediato, esta também é uma possibilidade para portadores de cervicalgia (inclusive a crônica).

4) Osteopatia

A osteopatia é uma técnica promissora quando se fala em cervicalgia, visto que:

  • Melhora a mobilidade local;
  • Alivia a sobrecarga;
  • Evita e trata eventuais desalinhamentos;
  • Tem resultados imediatos.

5) Fisioterapia traumato ortopédica

As técnicas de fisioterapia manipulativa são uma opção para tratar a dor cervical, e devem ser avaliadas conforme a gravidade e duração do quadro.

Dentre as possibilidades estão:

  • Exercícios de fortalecimento;
  • Técnicas de resistência;
  • Manipulação local;

Entre outras possibilidades.

6) Reeducação Postural Global – RPG

Técnica de Terapia Manual em que o fisioterapeuta coloca o paciente em posições específicas com o intuito de reequilibrar as cadeias musculares que estejam em desequilíbrio. Este, porventura, pode gerar desconforto e limitações de movimento. Saiba mais aqui.

7)Mesa de Tração Eletrônica

Equipamento com tecnologia de ponta. É o que tem de mais moderno em tratamento da cervical. A mesa possui uma unidade de tração que como o próprio nome já diz “puxa” o pescoço a fim de melhorar as dores, inflamação e mobilidade. Clique aqui.

8) Pilates

É de suma importância o fortalecimento da musculatura estabilizadora do pescoço e o pilates é um grande aliado para alcançar esse objetivo. Saiba mais.

Para um diagnóstico preciso, avaliação do caso e indicação terapêutica, consulte um especialista!

 

Rua Setúbal, 777 Lj. 2

Boa Viagem Flat - Recife - PE

Telefone

(81) 3052-5441

Nosso WhatsApp

(81) 98606-9554

Atendimento

Seg - Sex: 06:00 às 21:00